Acompanhe nossas novidades

Postado em 29 de Dezembro de 2014 às 09h00

Registro de imóveis poderá ser feito online em breve

  • Firme Negócios Imobiliários -

A necessidade de deslocamento do cidadão até o cartório para a solicitação de certidões, verificação do andamento de processos – e mesmo o protocolo de boa parte dos documentos – já está com os dias contados. É o que prevê a Associação dos Registradores imobiliários de São Paulo (Arisp), que por meio de uma parceria com o Tribunal de Justiça do Estado lançará, dentro de alguns meses, a Central Registradores de Imóveis (www.registradores.org.br).

A ideia é facilitar a vida do cidadão, oferecendo a ele a possibilidade de efetuar solicitações e consultas com maior agilidade e sem precisar sair de casa. Pela internet, o usuário terá a sua disposição uma gama variada de serviços, oferecidos pelo sistema de Registro Eletrônico de Imóveis por meio de uma plataforma única. O portal, que integrará todos os cartórios paulistas, será autorizado e fiscalizado pela Corregedoria Geral da Justiça do Estado.

O Oficial de Registro de Imóveis e Anexos de Taboão da Serra, Daniel Lago Rodrigues, avalia que a prestação de serviços por meio da nova plataforma trará inúmeros benefícios à população do estado de São Paulo. “Com a introdução da tecnologia na atividade cartorária, quem vai ganhar será o próprio cidadão, que não mais precisará se deslocar até o cartório para solicitar desde serviços mais simples até os mais complexos, e com a mesma segurança e máxima agilidade”, declara Rodrigues.

Por Gustavo Medanha

Fonte: O Taboanense

Veja também

Posso utilizar o FGTS para a compra de um segundo imóvel?14/01/15 É permitido utilizar o FGTS na compra de um segundo imóvel caso os recursos do fundo tenham sido utilizados anteriormente em imóvel comprado em conjunto com outra pessoa, mas do qual o usuário não seja mais co-proprietário? Resposta de Marcelo Tapai* Quando o FGTS é utilizado para a compra de um imóvel, mesmo que em conjunto com outra pessoa, os......
Menor apartamento do Brasil custa cerca de R$ 270 mil13/10/14Unidade com 18 metros quadrados faz parte de empreendimento no centro de São Paulo. Conheça o microapartamento e veja o que pesar na compra desse tipo de imóvel São Paulo - Sofá que vira cama na sala de 15,6 metros quadrados, integrada à bancada da cozinha e com armário embutido. Varanda com 1,10 metro quadrado e banheiro com 1,30 metro quadrado. Essa é a planta do menor apartamento......

Voltar para Notícias