Acompanhe nossas novidades

Postado em 29 de Outubro de 2014 às 09h40

Posso usar o FGTS duas vezes no financiamento do imóvel?

Imóveis (29)Apartamentos (23)Legislação (16)
  • Firme Negócios Imobiliários -

Dúvida do internauta: Tenho um financiamento de imóvel pela Caixa Econômica Federal, e usei o valor que tinha no FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para a compra da casa.

Após um ano já tenho acumulado cerca de 8,6 mil reais na conta vinculada ao fundo. Posso usar este valor para abater as parcelas do financiamento, de 790 reais mensais e decrescentes?

Resposta de Marcelo Tapai*:

Para usar o FGTS na redução da dívida do financiamento existem algumas regras.

É necessário estar com as prestações do financiamento imobiliário em dia e ter saldo na conta vinculada ao fundo.

Além disso, para poder utilizar os recursos para o pagamento da casa própria novamente é necessário esperar um intervalo mínimo de dois anos desde a última utilização.

Para o pagamento de apenas algumas parcelas do financiamento, o FGTS pode ser usado para abater até 80% do valor das prestações a vencer no prazo máximo de 12 meses.

Para pagamento de prestações em atraso, a Caixa Econômica Federal permite usar o FGTS somente para quitar, no máximo, três parcelas, mas esssa regra pode ser contestada na Justiça.

Decisões judiciais autorizam o pagamento de mais parcelas em atraso, desde que o mutuário se enquadre em outras regras, como por exemplo, ter saldo na conta vinculada ao FGTS, e o valor do imóvel estar adequado aos limites do FGTS, por exemplo.

*Marcelo Tapai é advogado especialista em direito imobiliário e sócio do escritório Tapai Advogados. É presidente do Comitê de Habitação da OAB/SP e diretor do Brasilcon (Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor)

Fonte: Exame

Veja também

Palestra aborda nova legislação do corretor associado, em Chapecó29/09/15 Encerram nesta quarta-feira (30) as inscrições para participar da palestra “Corretor associado”, que ocorrerá no dia 05 de outubro (segunda-feira), das 14 às 16 horas, em Chapecó. Promovida pelo Sindicato da Habitação do Oeste (Secovi-Oeste/SC) em parceria com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Santa Catarina (CRECI-SC), o evento......
Projeto de lei tenta impedir “golpes” de falsos corretores23/10/14 Um projeto de lei que torna obrigatório a inclusão do nome do corretor de imóveis nas escrituras públicas e contratos de financiamento imobiliários foi apresentado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, a fim de impedir o......
Veja os atributos que ajudam a valorizar os empreendimentos?10/01/15 A vida em condomínio, cada vez mais comum nas cidades, gera muitos conflitos e custos que poderiam ser amenizados ou até extintos se os projetos fossem pensados principalmente na sua operação. Muitos empreendimentos contam com......

Voltar para Notícias