Acompanhe nossas novidades

Postado em 24 de Janeiro de 2015 às 09h26

Pagar IPTU à vista vale mais a pena que parcelar

  • Firme Negócios Imobiliários -

As prefeituras já começaram a entregar ou divulgar o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) 2015. Quem tem dinheiro para pagar o tributo à vista pode se beneficiar dos descontos oferecidos. Na capital paulista, por exemplo, o cidadão que paga o valor total em uma única parcela tem 6% de desconto, já em Maringá (PR) o desconto chega a 15%.

"Quem tem o dinheiro deve pagar à vista. Não há aplicações no mercado financeiro que compensem esse desconto. Não adianta pegar empréstimo para pagar à vista. Paga quem tem dinheiro. Quitar tudo de uma vez só é melhor, já que não teria a responsabilidade com as parcelas, evitando possíveis multas", Márcio Chéde, diretor do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

A empresária Sônia Meiwald, 55 anos, moradora do bairro de Granja Julieta, na Zona Sul de São Paulo, prefere pagar o IPTU a prazo. Segundo ela, no começo do ano não sobra muito dinheiro por conta das demais contas do período, como o IPVA, por exemplo.

"No ano passo passado paguei R$ 950 e estou esperando o reajuste. Sei que vai aumentar", afirma a empresária, que sempre parcela no máximo de prestações possíveis. "Acabei de pagar o do ano passado e já vai começar o deste ano".

Quem não tem o dinheiro para pagar à vista pode parcelar. Em São Paulo é possível pagar o valor em até dez prestações, contanto que cada uma das parcelas seja superior a R$ 20. Consulte o site da prefeitura de sua cidade e conheça as condições.

O IPTU é um imposto calculado sobre o valor venal do imóvel, que é definido pela prefeitura e inferior ao de mercado. Sobre essa cifra é aplicada a alíquota vigente em cada município, que varia conforme o imóvel. 

Veja também

Proposta desobriga anotação de reserva legal no registro de imóveis03/12/14 Os proprietários de terras podem ficar desobrigados de averbar as reservas legais no registro de imóveis. A medida está prevista no Projeto de Lei 6031/13, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que altera a Lei de Registros Públicos (Lei 6015/73). As reservas legais são áreas em propriedades rurais destinadas à preservação do meio ambiente.......
Como declarar aluguel recebido no Imposto de Renda 01/04/15 São Paulo - Rendimentos com aluguéis obtidos por proprietários de imóveis durante 2014 são tributáveis e devem ser declarados no Imposto de Renda 2015 (veja o que você deve declarar). Se o......
Linha mais barata financia imóveis de até R$ 400 mil17/06/15 O pacote de incentivo ao setor imobiliário, anunciado pelo governo no fim de maio, reabriu uma oportunidade para quem deseja financiar imóveis de até 400 mil reais. Uma das medidas anunciadas pelo governo foi a......

Voltar para Notícias