Acompanhe nossas novidades

Postado em 03 de Fevereiro de 2015 às 14h58

O cliente desistiu de comprar o imóvel? Veja o que fazer!

  • Firme Negócios Imobiliários -

Entre os muitos motivos que levam uma pessoa a desistir da compra de um imóvel na planta, estão: a demora da obra e a falta de recursos para honrar o compromisso.

No entanto, essa mudança de planos pode gerar problemas ao pretenso comprador, por isso é de suma importância que o corretor o oriente a analisar bem todas as cláusulas do contrato, pois se ocorrem imprevistos e a compra não se efetivar, é bom que ele saiba desde o início quais penalidades serão de sua responsabilidade.

Um dos primeiros pontos a ser ressaltado é o fato de que somente 75% a 90% do valor pago será devolvido (imediatamente). No entanto, se for o vendedor quem desistir do negócio, todo o valor deverá ser devolvido ao comprador, pois no caso anterior a retenção de 10% a 25% se justifica devido ao fato de a vendedora ter gastado com despesas administrativas, entre outras, da transação.

Em caso de financiamento, o credor deverá dar o aval para que o contrato seja rescindido, o que complica e atrasa o processo, pois a construtora tem que primeiro quitar o financiamento ou fazer um acordo com a financiadora para retirar a dívida do nome do comprador, para então, devolver o valor pago por ele.

É importante que o corretor conheça as cláusulas contratuais e saiba quais os limites legais para as mesmas, a fim de evitar que seu nome esteja envolvido em negócios ilegais, pois tem se tornado praxe em nosso país contratos em que as construtoras incluem cláusulas contrárias à lei e exigem, em caso de desistência, que o desistente realize acordos abusivos, sob ameaça de incluir seu nome em cadastros de inadimplentes.

No mais, a desistência só pode ocorrer durante a obra, salvo se o imóvel entregue for diferente do pactuado, contiver defeitos ou se houver atraso na entrega do imóvel. comprar o imóvel

Por fim, ressalta-se que o corretor deve sempre alertar seu cliente sobre as penalidades da desistência, pois uma surpresa indesejável pode alterar os ânimos e gerar muitos problemas nessa relação.

Autor: Leandro Vilaça Borges – Especialista em direitos imobiliários

Fonte: Zap Pro

Veja também

Mudanças nos financiamentos da CAIXA entram em vigor 01/08/16 Entraram em vigor, nessa semana, as mudanças no financiamento de imóveis com valor igual ou superior a R$ 650 mil, pela Caixa Econômica Federal. A estratégia visa atingir todas as classes de renda, na qual os contratantes poderão financiar até 80% dos imóveis novos, antes era 70%, e escolher imóveis com valor de comercialização de até R$ 3......
Vagas de garagem podem valorizar apartamentos em mais de 20%23/03/15 A falta de vagas de garagens e estacionamentos em determinadas regiões das grandes cidades pode valorizar em mais de 20% um apartamento que inclui vagas em relação a um imóvel semelhante, mas que não oferece vaga para......
Como transferir financiamento de imóvel a outra pessoa?06/01/15 Dúvida do internauta: Adquiri um imóvel, mas como na época minha renda não era tão alta ele foi comprado no nome da minha mãe para que eu tivesse o crédito aprovado. Hoje já tenho uma renda......

Voltar para Notícias