Acompanhe nossas novidades

Postado em 07 de Novembro de 2014 às 09h19

Desaceleração dos preços dos imóveis continua, mostra pesquisa

Imóveis (29)Apartamentos (23)Legislação (16)
  • Firme Negócios Imobiliários -

SÃO PAULO – O Índice FipeZap Ampliado, que acompanha o preço dos imóveis em 20 cidades brasileiras, registrou avanço de 5,88% em 2014. Esse valor é 0,75 ponto percentual superior ao IPCA do período (considerando a expectativa de inflação no mês de outubro apurada pelo boletim Focus/Banco Central). Ou seja, em média o preço dos imóveis apresenta pequeno aumento real neste ano, mas em oito cidades os preços já sobem menos do que a inflação.
Considerando os doze últimos meses, a variação acumulada do Índice FipeZap Ampliado é de 8,23%. Outubro foi o décimo primeiro mês consecutivo que registrou diminuição nessa medição desde os 13,8% registrados em novembro de 2013. Esse resultado, portanto, reforça a tendência de desaceleração dos preços dos imóveis no país.
Na comparação com setembro de 2014, a variação do índice foi de 0,45%. Esse valor é menor do que a variação do IPCA de 0,50% esperada para o mês, ou seja, outubro registrou uma queda de preços dos imóveis em termos reais.

Fonte: InfoMoney

Veja também

Cenário é propício para comprar imóveis18/11/14 O cenário de baixo crescimento econômico e desconfiança dos empresários em investir no momento de transição do Ministro da Fazenda não é a pior situação para quem quer comprar a casa própria. Pelo contrário, segundo especialistas do ramo imobiliário, o período de incertezas atual é propício para comprar......
BB eleva taxa para financiamento, mas amplia prazo11/05/15 O Banco do Brasil anunciou nesta quinta-feira a elevação de suas taxas de juros do financiamento imobiliário e a ampliação do prazo máximo dos financiamentos para 35 anos. Segundo o banco estatal, "em......
Serasa lança ferramenta gratuita para consulta de nome sujo11/07/16 A Serasa Experian lançou um serviço gratuito na internet para você consultar se está entre os 60 milhões de brasileiros inadimplentes. Pelo site ou pelo aplicativo Serasa Consumidor, dispoinível para Android, é......

Voltar para Notícias