Acompanhe nossas novidades

Postado em 06 de Abril de 2015 às 10h25

Avaliação de Imóvel bem feita ajuda a garantir boa venda futura

  • Firme Negócios Imobiliários -

Itens como localização, conservação e documentos em dia valorizam a unidade


Em tempos de aquecimento do mercado imobiliário, saber avaliar bem o imóvel é uma forma de garantir boa venda no futuro. Mas, além de características do espaço da unidade em si e o que há em seu entorno, quais são os principais aspectos que devem ser observados, que possam ajudar a definir o valor?

Gerente de vendas da APSA, Rogério Quintanilha afirma que alguns detalhes tornam o imóvel irresistível e melhor avaliado no mercado. Ele cita como exemplo a proximidade de boa estrutura de serviços como shoppings, farmácias, padarias e supermercados. “O mesmo vale para o transporte. Se estiver perto de estação do Metrô, por exemplo, é liquidez na certa”, garante.

A idade do imóvel, o número de vagas de garagem e a estrutura que o prédio oferece são itens a serem analisados por quem pretende comprar imóvel para investir. O diretor-geral da Sawala Imobiliária, Sandro Santos, lembra que o investidor deve estar atento ao valor do metro quadrado cobrado, rua ou bairro onde o prédio está localizado.

“Maneira bem fácil de fazer isso é pesquisando os valores nos sites das imobiliárias”, orienta. Segundo ele, o estado de conservação é outro ponto importante que potencializa a liquidez na hora de vendar.

Ver se a documentação está em dia é outro item importante na hora da compra, de acordo com Santos. Outro carro-chefe é sua localização. Nesse aspecto, não é analisado apenas onde o imóvel está hoje, mas se naquela área há perspectivas de valorização futura, por conta, por exemplo, de uma obra urbana a ser feita ou a construção de um empreendimento próximo.

Terrenos e lotes também são boas opções

No caso de terrenos, o investidor deve analisar o tamanho e as possibilidades de construção no local, bem como as características do futuro empreendimento. Neste caso, avaliação bem feita é certeza de venda no futuro.

“O brasileiro é um investidor conservador. A maneira mais tradicional de investir ainda é a compra de imóveis residenciais ou comerciais. O ideal, na hora de adquirir, é procurar empresas sólidas e que já tenham demonstrado credibilidade no mercado. Saber avaliar corretamente o imóvel pode ajudar a garantir também boa renda mensal com o aluguel. Algumas construtoras já oferecem empreendimentos mobiliados e com eletrodomésticos, ótima opção de compra para investimento”, exemplifica Marcelo Fróes, diretor de contas imobiliárias da Percepttiva.

 

Precisando de avaliações de imóveis? Procure a Firme - a sua imobiliária em Chapecó!

Veja também

Cai a participação de investidores na compra de imóveis19/12/14 Investidores de imóveis estão colocando o pé no freio. Segundo a pesquisa "Raio-X FipeZap: Perfil da demanda de imóveis", a participação de investidores nas compras de imóveis caiu bruscamente no início do segundo semestre de 2014. Entre os meses de julho e setembro, apenas 20% dos entrevistados que declararam terem comprado imóvel o......

Voltar para Notícias